Pela imediata liberação das(os) trabalhadoras(es) das Unidades vinculadas à Seção Sindical Campinas e Jaguariúna

No decorrer da semana passada, constatamos um total desrespeito por parte da Diretoria da Embrapa com a categoria, ao impor processos burocráticos para liberação das(os) trabalhadoras(es) e ignorar as orientações para contenção do avanço do contágio pelo novo coronavírus, principalmente em relação ao isolamento social.

A Organização Mundial da Saúde (OMS) decretou a Covid-19 como pandemia no dia 11 de março. Conforme dados divulgados na tarde de domingo, 22, pelo Ministério da Saúde, o Brasil tem 1.546 casos confirmados e 25 mortes, sendo 22 no Estado de São Paulo e três no Rio de Janeiro. Na sexta-feira, 20, o Ministério da Saúde reconheceu a transmissão comunitária. Todos os esforços são no sentido de tentar diminuir o rápido e elevado contágio, principal característica desse vírus. O reitor da Unicamp determinou a suspensão das atividades acadêmicas presenciais na universidade, a partir do dia 13; o governo do Estado determinou a quarentena em todos os municípios a partir desta terça-feira, 24, e neste fim de semana o prefeito de Campinas decretou quarentena já a partir desta segunda, 23, na cidade que tem nove casos confirmados e 253 aguardando o resultado. Em Jaguariúna, os dados até sexta-feira passada, 20, computavam um caso confirmado e 21 suspeitos.

Neste domingo, 22, a Diretoria Nacional do Sinpaf emitiu uma nota exigindo mais respeito às(aos) trabalhadoras(es) e menos burocracia, neste momento excepcional que estamos vivendo no país. Pelos dados das autoridades, o comportamento da curva de contágio no Brasil já segue o mesmo padrão verificado na Europa e temos casos confirmados na nossa região.

Por isso, reforçamos o posicionamento da Diretoria Nacional do Sinpaf e exigimos a liberação imediata de todas(os) as(os) trabalhadoras(es) da Embrapa Territorial, Embrapa Informática Agropecuária e Embrapa Meio Ambiente, inclusive das equipes que prestam serviços terceirizados. É uma questão de saúde pública.

Estaremos vigilantes e atentos.

Se você estiver sofrendo algum constrangimento por parte da sua chefia ou se verificar alguma irregularidade, pode entrar em contato com a diretoria da Seção Sindical ou denunciar para o e-mail corona@sinpaf.org.br

Diretoria da Seção Sindical Campinas e Jaguariúna do Sinpaf

Acesse aqui – documento da Nota da Diretoria da SSCJ