Categoria: DESTAQUE

Reforma: Confira as maldades que os deputados aprovaram no 2º turno de votação

A Proposta de Emenda à Constituição (PEC) nº 06/2019, nome oficial da reforma da Previdência do governo de Jair Bolsonaro (PSL), aprovada nesta quarta-feira (7) em segundo turno pela Câmara dos Deputados manteve no texto-base vários pontos que prejudicam os trabalhadores e trabalhadoras e até as viúvas e órfãos. Terminou o prazo para apresentação de destaques e os deputados não apresentaram proposta de exclusão para alterações como a redução do valor da pensão por morte no caso da viúva ou órfão ter mais de um benefício e alíquotas escalonadas da contribuição do segurado do INSS e do servidor público,...

Read More

Câmara dos Deputados aprova reforma da Previdência em primeiro turno

Proposta foi aprovada por 379 votos a 131. Para parlamentares da oposição, governo passou “cheque sem fundo” em emendas e usou “toma lá, dá cá”, para Plenário votar mudanças nas aposentadorias RBA Por 379 votos a 131, a Câmara dos Deputados aprovou na noite desta quarta-feira (10) o texto base da reforma da Previdência, segundo relatório do deputado Samuel Moreira (PSDB-SP). O projeto vai a votação em segundo turno e depois segue para o Senado. Em discurso na tribuna, o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ) saudou o “protagonismo” do Legislativo e afirmou que as reformas do Estado têm...

Read More

Veja a nota da LBS sobre adesões ao PDI

O escritório de advogacia que presta assessoria jurídica para a Seção Sindical Campinas e Jaguariúna do Sinpaf, LBS Advogados, elaborou uma nota sobre o PDI da Embrapa. A Diretoria da SSCJ solicitou que a LBS fizesse uma análise sobre o PDI, atendendo a uma demanda de várias(os) trabalhadoras(es) que têm procurado a Seção Sindical, com uma série de dúvidas. Reforçamos que a adesão ou não ao PDI é uma decisão de cada trabalhador(a) e a iniciativa de oferecer esta análise tem como única finalidade auxiliar cada um(a) na tomada da decisão. Veja aqui a nota elaborada pela...

Read More

NÃO FOI ACIDENTE, FOI CRIME. NOTA DA CUT SOBRE A TRAGÉDIA EM BRUMADINHO

A Vale do Rio Doce é, mais uma vez, responsável por um desastre criminoso em Minas Gerais. Não foi uma tragédia. Poderia ter sido evitada com manutenção, investimentos em itens de segurança e fiscalização. Foi um crime. A empresa é reincidente e precisa ser punida com severidade. E é pela punição da Vale, pelo respeito à classe trabalhadora e à comunidade local que a CUT vai lutar. As vítimas do rompimento da barragem da empresa, em Mariana, que ainda clamam por justiça e lutam contra as manobras judiciais da direção da Companhia para receber suas indenizações, viram o horror...

Read More