Categoria: AÇÕES

Sobre o processo para eleição do Comitê de Avaliação e Desempenho Individual na Embrapa Meio Ambiente

Nota de repúdio à Chefia da Embrapa Meio Ambiente!  A verdade dos fatos na eleição do Comitê de Avaliação e Desempenho Individual! Como é de conhecimento, a Chefia da Embrapa Meio Ambiente enviou mensagem no geral-l dia 14.01.2019 divulgando o processo de inscrição de candidatas(os) representantes das(dos) trabalhadoras(es) ao Comitê de Avaliação de Desempenho Individual da Unidade, estabelecendo como prazo limite até às 17h do dia 16.01.2019. A eleição ocorreria dia 18.01.2019. Em conformidade com o prazo estabelecido pela Chefia da Unidade, o presidente da Seção Sindical Campinas e Jaguariúna do Sinpaf, Mário Urchei, inscreveu-se no dia 16.01.2019, às 14h10. Porém, no dia 17.01.2019, às 10h51, a Chefia da Embrapa Meio Ambiente enviou mensagem para o...

Read More

20 de novembro. Dia da Consciência Negra

Um pouco de história Para marcar a história de luta dos negros no Brasil, foi criado o Dia da Consciência Negra, celebrado, anualmente, em 20 de novembro. A data foi incluída no calendário escolar em 2003 e oficialmente instituída, em âmbito nacional, pela lei nº 12.519, de 10 de novembro de 2011. O dia 20 de novembro foi escolhido por se tratar da data em que Zumbi, líder do Quilombo de Palmares, foi assassinado, em 1695. O Quilombo de Palmares existiu durante quase todo o século XVII e chegou a ter entre 20 a 30 mil habitantes. Sua extensão...

Read More

Eleições Presidenciais 2018: em defesa do Estado Democrático de Direito

A Diretoria da Seção Sindical Campinas e Jaguariúna do Sinpaf posicionou-se desde o primeiro turno quanto à importância das eleições 2018 para a definição do futuro da democracia no Brasil. No segundo turno das eleições reafirmamos a relevância das escolhas a serem realizadas nesse pleito à presidência da república, fundamentadas em princípios e diretrizes que assegurem as conquistas de direitos da classe trabalhadora. No que se refere especificamente à pesquisa agropecuária e ao papel da Embrapa, reiteramos como fundamentais as propostas voltadas à diminuição das desigualdades sociais e regionais no campo, ações propositivas na interface da agricultura e meio...

Read More

21 de março – Dia Internacional contra Discriminação Racial

Não deveria importar a cor que identifica alguém, nem ser motivo de alarde a origem étnica das pessoas. No entanto, a cor da pele já foi usada para justificar muitas atitudes violentas, políticas discriminatórias e abusivas contra milhares de pessoas. E é por isso que datas como 21 de março, que marcam o Dia Internacional contra Discriminação Racial, não podem passar despercebidas. Embora a discriminação racial seja referente a qualquer distinção, exclusão, restrição ou preferência baseada na cor, ascendência ou origem étnica, segundo definição presente no Artigo I da Declaração das Nações Unidas sobre a Eliminação de Todas as Formas de Discriminação Racial, é de senso comum que os mais afetados por esse tipo de discriminação são os negros e as minorias, como os índios. O dia 21 de março foi escolhido pela Organização das Nações Unidas (ONU) para a luta contra a discriminação racial justamente porque nesse dia ocorreu o Massacre de Shaperville, em 1960. Na época, milhares de manifestantes saíram às ruas para protestar contra a “Lei do Passe”, que impedia negras(os) de circularem em alguns lugares, na África do Sul. Nesse dia, 69 pessoas morreram e centenas ficaram feridas. Discriminação no Brasil Infelizmente no Brasil ainda acreditamos, equivocadamente, que vivemos um convívio étnico harmonioso. Entretanto, a realidade é muito diferente. Atualmente, no Brasil, a população negra é a maioria entre as pessoas com mais probabilidade de serem...

Read More

MANIFESTO DO FÓRUM NACIONAL EM DEFESA DA EMBRAPA PÚBLICA E DEMOCRÁTICA

O Brasil está vivendo um momento extremamente grave, com retrocessos históricos para o povo brasileiro. Mais uma vez, as elites trazem como solução para a atual crise, que elas mesmas criaram, a retirada de direitos da classe trabalhadora e o desmonte dos serviços públicos, nada se falando a respeito da chamada dívida pública e da concentração da riqueza. Seguindo fielmente a determinação neoliberal do governo federal golpista, a diretoria da Embrapa está trabalhando na chamada reestruturação da empresa, respaldada na Lei das Estatais (13.303-2016), no Marco Legal de Ciência, Tecnologia e Inovação (13.243-2016), na Emenda Constitucional referente ao Teto de Gastos (EC nº 85), na Terceirização Plena (Lei 13.429-2017) e na Reforma Trabalhista (Lei 13.467-2017). Não satisfeita, ainda está tentando criar um braço comercial, a subsidiária EmbrapaTec, conforme PL 5.243-2016 que, caso aprovado, será o instrumento para viabilizar a implementação da lógica privatista em relação à geração e a apropriação do conhecimento e das tecnologias desenvolvidas pela empresa em favor exclusivo do agronegócio e das grandes transnacionais do sistema agroalimentar. Na luta para reverter essa grave situação da Embrapa, realizou-se dia 23 de fevereiro de 2018, na ADunicamp, em Campinas-SP, o Fórum Nacional em Defesa da Embrapa Pública: da Embrapa que temos à Embrapa que queremos. O evento foi uma iniciativa da Seção Sindical Campinas e Jaguariúna do Sinpaf, em parceria com o Movimento pela Ciência e Tecnologia Pública...

Read More