O Sinpaf e as eleições 2018

A Seção Sindical Campinas e Jaguariúna do Sinpaf tem atuado, em conjunto com o Movimento pela Ciência e Tecnologia Pública e outras organizações e entidades sindicais, no sentido de ampliar o debate e contribuir para que as(os) trabalhadoras(es) da nossa categoria tenham uma visão ampla e possam se posicionar com clareza diante das eleições 2018. (Veja aqui o documento na íntegra)

A conjuntura atual do nosso país é extremamente grave e essa eleição terá um papel decisivo para o futuro do Brasil e para a vida de cada um de nós. Por isso, não podemos ficar omissos.

Nas eleições do próximo domingo (07.10.2018), o povo brasileiro vai às urnas não apenas para eleger seus representantes nas diferentes esferas do poder executivo e legislativo, como presidente da República, governador, deputado estadual, deputado federal e senadores, mas estará diante de uma importante decisão: optar entre a continuidade de um projeto neoliberal, privatista, antidemocrático, preconceituoso e que intensificará a retirada de direitos da classe trabalhadora ou a retomada de um novo processo de desenvolvimento, por intermédio do fortalecimento do estado público, da democracia, com geração de emprego e distribuição de renda.

Especificamente em relação à Embrapa, precisamos eleger candidaturas comprometidas com o fortalecimento da pesquisa agropecuária pública voltada à diminuição das desigualdades sociais e regionais e que reconheçam a importância das(os) trabalhadoras(es) da Empresa nesse processo para o nosso país.

Dessa forma, nos manifestamos claramente contrários a partidos e candidaturas que defendem explicitamente a retirada de direitos da classe trabalhadora como forma de sair da atual crise em que nos encontramos, num claro posicionamento de defesa das grandes empresas e do sistema financeiro especulativo.

Defendemos as candidaturas que se opõem às contrarreformas como a da previdência e que se posicionam claramente pela revogação da reforma trabalhista e da Emenda Constitucional 95 (a PEC do Teto) que vai destruir a saúde, a educação e os investimentos públicos em áreas sociais por 20 anos.

Vamos às urnas dizer NÃO às medidas que paralisam a capacidade de investimento do Estado brasileiro, não à entrega do patrimônio nacional, não aos que propagam a falsa ideia de que o trabalhador será obrigado a escolher entre direitos e emprego. (Veja aqui o documento na íntegra)

No próximo domingo vamos às urnas dizer não ao machismo, ao preconceito, ao racismo, à homofobia, à apologia à ditadura e à tortura, ao desprezo pela democracia, ao incitamento à violência e ao autoritarismo como política de governo.

Para finalizar, entendemos que, independentemente das eleições, precisamos fortalecer o nosso sindicato, as organizações populares e intensificar a luta unificada e as mobilizações da classe trabalhadora.

Sem mobilização não há solução!

Diretoria da Seção Sindical Campinas e Jaguariúna do Sinpaf

___________________________________________

Para recordar

Os 366 deputados que aprovaram a PEC 241 em 1º turno – https://www.pragmatismopolitico.com.br/2016/10/os-366-deputados-que-aprovaram-pec-241-proposta-que-congela-investimentos.html

 

Saiba quem são os deputados que votaram a favor do Pacote do Veneno – https://www.redebrasilatual.com.br/saude/2018/06/saiba-quem-sao-os-deputados-que-votaram-a-favor-do-pacote-do-veneno

 

Reforma trabalhista: como votaram os deputados – https://www.cartacapital.com.br/blogs/parlatorio/reforma-trabalhista-como-votaram-os-deputados

 

Câmara aprova terceirização total: veja como votaram os deputados – https://www.cartacapital.com.br/blogs/parlatorio/camara-aprova-terceirizacao-total-veja-como-votaram-os-deputados

(Veja aqui o documento na íntegra)