Ameaça à pesquisa pública: projeto de criação da EmbrapaTec é tema de debate na Câmara dos Deputados

Nesta quinta-feira, dia 21, será realizada uma audiência pública para discussão do projeto de criação da EmbrapaTec (Embrapa Tecnologias Sociedade Anônima), na Câmara dos Deputados. O debate, promovido pela Comissão de Desenvolvimento Econômico, Indústria, Comércio e Serviços, foi proposto pelo deputado Helder Salomão (PT-ES) e conta com a participação do presidente da Seção Sindical Campinas e Jaguariúna do Sinpaf (Sindicato Nacional dos Trabalhadores de Pesquisa e Desenvolvimento Agropecuário), Mário Artemio Urchei. A SSCJ é uma das entidades envolvidas na criação do Movimento pela Ciência e Tecnologia Pública (MCTP). Trata-se da criação de uma subsidiária da Embrapa com caráter de sociedade anônima de capital fechado, para comercializar tecnologias, produtos e serviços desenvolvidos pela Embrapa e explorar comercialmente os direitos de marcas e de propriedade intelectual. Uma vez criada, a EmbrapaTec também poderá fazer essas atividades para outras Instituições Científica, Tecnológicas e de Inovação (ICT). Entre as justificativas estão eliminar os entraves que impedem a Embrapa de comercializar suas invenções e promover a disseminação do conhecimento. Na realidade, nada mais é do que colocar a Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária a serviço do agronegócio. Como consta em uma das matérias da Agência Câmara Notícias: “A exposição de motivos é assinada pelos então ministros da Agricultura, Kátia Abreu, e do Planejamento, Valdir Simão, do governo da ex-presidente Dilma Rousseff. Segundo os ex-ministros, conquistar a fronteira tecnológica é um imperativo estratégico para a...

Read More