Autor: Comunicação

CUT repudia ‘má-fé’ da ‘Folha’ com notícia de recursos para centrais

Jornal distorce informações e insinua que centrais vão receber R$ 500 milhões de Temer para apoiar reforma da Previdência, sem explicar que recursos pertencem aos trabalhadores e estão indevidamente bloqueados Redação Rede Brasil Atual A CUT divulgou nota nesta quinta-feira (7) contestando informação publicada no jornal Folha de S. Paulo, na coluna Painel, na qual o governo de Michel Temer “faz um aceno” e irá liberar o pagamento de R$ 500 milhões às centrais sindicais que se opõem as mudanças da Previdência. “A CUT repudia a má-fé da Folha de S. Paulo que distorce e manipula informações com o claro objetivo de enfraquecer a luta do movimento sindical contra os ataques aos direitos dos trabalhadores e das trabalhadoras”, afirma a CUT. Na nota, a entidade esclarece que a liberação dos recursos – arrecadados pela contribuição sindical – é obrigação do governo Temer, pois os valores já pertencem as centrais sindicais e foram bloqueados indevidamente pela Caixa Econômica Federal. “Temer não faz mais do que a obrigação ao liberar um dinheiro que pertence à classe trabalhadora e vai ser usado na luta contra os ataques aos direitos sociais e trabalhistas patrocinado por esse governo usurpador e corrupto, como afirmou o ex-Procurador Geral da República, Rodrigo Janot.” Em outubro, foi celebrado acordo envolvendo sete centrais sindicais, Ministério do Trabalho, Ministério Público do Trabalho, Advocacia-Geral da União e a Caixa, para devolução...

Read More

Comissão de Trabalho discute denúncias de trabalho escravo e assédio moral em campos experimentais da Embrapa nesta quinta (23)

A Comissão de Trabalho, de Administração e Serviço Público realiza audiência pública, na próxima quinta-feira (23), para discutir uma série de denúncias sobre violações de direitos dos empregados da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa). Entre as violações trazidas ao conhecimento da comissão estão a existência de trabalho escravo, perseguição, assédio moral, improbidade administrativa e desrespeito à liberdade sindical em campos experimentais da empresa. O Requerimento foi proposto pela deputada Erika Kokay (PT-DF). “É extremamente importante a realização desta audiência pública. Tomamos conhecimento de gravíssimas denúncias de violação de direitos dos empregados de uma das empresas de maior renome...

Read More